quarta-feira, 13 de maio de 2015

Feira de Artesanato em Landeron (Suíça)


Olá a todos,

Sendo este espaço o meu Atelier de trabalho on line, faço questão de partilhar convosco todos os aspectos que envolvem a minha atividade e isso inclui algumas experiências na participação de feiras e eventos ligados ao artesanato. Toda a preparação para a participação numa feira envolve muito trabalho de bastidor e que muitas vezes passa despercebido aos olhos do cliente, para quem tudo deve estar perfeito quando nos "visita" no Stand. Por isso é muito importante a escolha dos trabalhos que vamos querer promover porque não está apenas em causa a venda das peças, mas também a projeção que cada uma poderá ter quer seja numa casa de família, numa loja, etc.
Assim eu pessoalmente reservo sempre uma parte da coleção com novos trabalhos e de preferência que sejam uma completa novidade. Muito embora as minhas peças sejam sempre bastante apreciadas, os clientes que já me conhecem voltam para vistar-me na expectativa de verem algo diferente e eu tento sempre surpreende-los. Outro aspecto importante é a apresentação do espaço que deve ser acolhedor e convidativo de modo a atrair quem passa. Visualmente procuro estabelecer uma harmonia entre a disposição dos trabalhos que devem estar se possível distribuidos em diferentes planos, para deste modo poderem sobressair individuamente. Procuro também algum equilíbrio entre as cores e os diferentes acessórios para que visualmento tudo possa ser mais agradável e apelativo. Muito importante é também a parte do Marketing ou seja, toda a projeção que possa ser feita para levar o nosso nome mais além, de modo a ser o mais publicitado possível quando o trabalho é levado para outro espaço. Para além das etiquetas que ajudam a identificar os preços, uso igualmente uma etiqueta autocolante na base de cada trabalho e em ambos os casos constam todos os contatos da empresa. Deste modo numa qualquer visita a casa de uma pessoa que tenha adquirido um trabalho meu, fica mais fácil partilhar de onde veio ou mesmo quem fez. Os cartões de apresentação são igualmente úteis porque facilmente são guardados na cateira e podem ser divulgados entre Amigos. Por vezes faço panfletos informativos ou com promoções que ajudam igualmente na divulgação. Depois há todo um conjunto de pormenores que possam marcar a diferença, como um saco atrativo a embalar o trabalho, uma chapinha com o nome da Empresa agarrada a um laço decorativo, uma pequena atenção no preço quando o valor da compra justificar, um atendimento personaliado para cada cliente ... aquilo que a imaginação ditar e que possa ajudar o cliente a relembrar-se fácilmente de quem somos e o que fazemos, porque eles satisfeitos são sempre o melhor veículo a uma boa publicidade do nosso trabalho! Depois desta primeira fase temos a feira própriamente dita. O tempo (metereologico), o local onde vamos ficar posicionados, o ambiente...tudo isso pode condicionar o nosso dia. Culturalmente aqui na Suíça, o trabalho artesanal é muito apreciado e reconhecido o que nos dá um grande incentivo.
Por fim e falando um pouco da última feira que participei deixo-vos o meu testemunho como tudo pode ser uma grande aventura. Depois de várias semanas de trabalho intenso para apresentar uma maior e mais variada opção de peças, poucas horas se sono dormidas, muita tensão para arrumar todo o material na carrinha e cerca de uma hora de viagem, eis que chegamos Landeron e o tempo surpreende-nos com ar chuvoso e sol envergonhado. Felizmente tinha como companhia o meu maridão e o meu mano que está a passar uns dias connosco. Não desanimamos e como não fazia frio nem chuvia lá fomos montando o Stand sem grandes proteções. Com o tempo pouco convidativo a manhã passou-se tímida e com pouco movimento de clientes. Landeron é uma vila de aspecto medieval e muito charmosa o que já por si encanta. A distribuição dos artesãos em redor de uma ampla praça sem transito e bastante espaçosa, acompanhada de música ambiente tocada ao vivo, animou o convívio entre colegas e acabou por preencher de forma agradável essas primeiras horas. O dia decorria sem vendas mas também sem percalços quando se levantou do nada uma ventania assustadora. Entre olhares incrédulos começamos a reparar nos trabalhos a abanar mas sempre na esperança que fosse passageiro. Sem que tivessemos tido tempo para qualquer tipo de reação vimos temerosos acontecer os nossos piores receios... eis que começam a cair trabalhos para o chão, uns partem-se, outros ficam enlameados... entrei em choque!! Poucas horas de sono, o cançaso dos dias anteriores a tomar conta de mim, sem vendas até ao momento e .... só faltava ainda ter preuizo! Pensei desistir....mas como sou filha de uma mulher guerreira pensei que se já estava ali ia ficar até ao fim. Tudo serve como experiência e esta foi mais uma lição. Aqui na Suíça o tempo é muito inconstante e por isso também se usam as tendas em vez dos frágeis chapéus de sol. Nós até fomos prevenidos com as cortinas laterais da tenda, pesos para as "pernas" da estrutura da tenda... não fosse o tempo nos surpreender... mas como estava calmo não montamos nada disso! Lição apreendida!!! 
Aqui faça chuva ou faça sol temos de nos prevenir desde logo e se as coisas piorarem já está tudo nos devidos locais. Foi um alvoroço!! Tivemos de mudar a disposição das bancadas para poder colocar uma lateral contra o vento e assim proteger mais os trabalhos e ao mesmo tempo não privar a visão de quem passasse, recuamo-las um pouco para estarem mais abrigadas, eliminamos parteleiras para os artigos não estarem tão altos, colocamos mais peso nas "pernas" das estruturas...
Foi como um recomeçar em todos os sentidos! Aquela lufada de vento trouxe-nos um novo ar que afastou nuvens, despertou o sol e convidou mais pessoas a saírem de casa ... e acabarem por comprar no nosso Stand! Felizmente tudo acabou em bem e o nosso esforço foi compensado!!
Até breve...























Sem comentários:

Enviar um comentário